post item
Sobre Nós

No coração de Alfama, onde o Fado é rei, está a "Adega dos Fadistas" desde a primavera de 2013.

3 Comentários

Um espaço mítico, propriedade dos há já mais de uma década detentores do espaço "Grelhador d'Alfama", também localizado na mesma rua, a Rua dos Remédios, com ele partilha a excelência do serviço, fruto do trabalho e intenso convívio com clientes das mais diversas nacionalidades e contextos, com o fado como privilegiado fio condutor. Um espaço que transpira beleza e conforto, num misto de requinte e tradição que convida a cantar, saborear e degustar Lisboa. Conta com um talentoso elenco de fadistas de diferentes gerações, que assegura a continuidade do fado clássico, renovando e reinventando diariamente, um dos maiores expoentes do orgulho nacional.

Comentários

Jclaudio21 Julho 2014

Fado, vinho e bom peixe

A Adega dos Fadistas tem dois fadistas muito especiais a Sandra Correia e o Jose Manuel Barreto, um vinho branco servido a temperatura certa acompanhada de uma Perca Assada de altíssima qualidade, a alternância entre as apresentações e o serviço de restaurante em tempos certos, a qualidade dos serviços, a atenção da garçonete, e dos fadistas me deixaram com excelente impressão.

hja1933 Junho 2014

Comida e Atendimento

Empregados de Excelente Profissionalismo, muito atenciosos e Comida de Excelente Qualidade, Fadistas Profissionais de Grande Qualidade.

Claus-Christian G Setembro 2013

Impressionante experiência Fado

Fomos visitar a Adega dos fadistas na nossa estadia Lisboa, em Setembro de 2013, à procura de um restaurante Fado. Foi uma noite inesquecível. Uma atmosfera amigável, a música foi ótima e directa ao coração. Até ouvimos uma lenda do fado chamado Vicente da Câmara. Além de outros excelentes músicos também gostámos muito da jovem Clara Sevivas. Dada esta experiência musical memorável foram os 40 € absolutamente adequados para o jantar, incluindo vinho. Deliciados com a experiência na Adega dos Fadistas decidimos visitar mais tarde um outro local famoso de Fado em Lisboa, foi uma grande decepção... voltado para turistas, o espírito original do Fado não foi sentido, e acbou também por se revelar excessivamente caro. Devemos à Adega dos fadistas o nossa mais bela experiência de Portugal e é para nós um motivo para voltar em breve.

Loading